O que é Growth Hacking?

Se você possui algum entendimento a respeito de marketing digital, empreendedorismo e start-ups, você provavelmente já deve ter se deparado com essa expressão, ou até mesmo lido em alguns casos de sucesso. A expressão Growth Hacking vem sendo muito usada nos meios de marketing nos últimos anos, mas também tem causado certas confusões ao ser associada a mitos que costumam atrapalhar o entendimento do que Growth Hacking realmente significa.

Para evitar qualquer mal entendido ou confusão, confira a seguir o que significa Growth Hacking e como ele é utilizado por diversas empresas.

O que é Growth Hacking?

O que é Growth Hacking?

O que significa Growth Hacking?

Growth Hacking é um termo desenvolvido por Sean Ellis, e segundo ele, a definição mais correta seria: marketing orientado a experimentos. Ou seja, encontrar oportunidades/brechas (hacks) para o sucesso, e criar estratégias específicas visando resultados rápidos para o crescimento (growth) da empresa em questão.

Sean Ellis foi Head de Marketing do LogMeIn, um dos softwares de acesso remoto mais conhecidos do mundo, além de ser o primeiro profissional de Marketing da história do Dropbox, serviço de compartilhamento de arquivos na nuvem.

Mitos a respeito do Growth Hacking

Muitos associam o growth hacking a mágicas, como “trocamos a cor do botão e triplicamos a geração de leads”. É impossível conseguir um resultado dessa magnitude da noite para o dia, ou sem realizar estudos e experimentos.

Além disso, é comum pensar que Growth Hacking tem a ver com falta de ética, pois muitos associam o nome aos famosos hackers. A palavra “hack” tem diversas traduções e variações, e neste caso, tem o sentido de brecha. O growth hacking não faz nada além de achar brechas para conseguir estratégias melhores para a empresa e um melhor desempenho em um menor período de tempo.

Se você quer saber mais sobre o assunto, ou tirar algum tipo de dúvida, contate nossa equipe agora mesmo! Nós da Agência Fort estamos sempre à disposição!

Rolar para cima